Saiba mais sobre Fundos de Investimentos

Os fundos de investimentos possibilitam que o investidor diversifique suas aplicações, além de contar com a gestão profissional desse ativo e maior eficiência operacional.

Em um fundo, independentemente do valor aplicado, todos os cotistas acessam a mesma carteira de ativos e possuem a mesma rentabilidade. Existem diversas categorias de fundos, com as mais variadas estratégias e regras de funcionamento. Antes de investir em um fundo, é fundamental observar a política de investimentos, o nível de risco e as características, de modo a garantir que seja adequado ao seu perfil.

Para saber mais, veja os 10 passos para entender Fundos de Investimento.

Lista de Fundos de Investimentos

Porque investir com a Guide? 

  • Curadoria

    Além dos dados históricos do fundo, analisamos diversos aspectos qualitativos da gestora, com destaque para a qualidade do time de investimentos e para a política de gerenciamento de riscos.

  • Plataforma Diversificada

    Oferecemos os melhores e mais rentáveis fundos de cada categoria. Dessa forma, é fácil montar uma carteira de investimentos diversificada e adequada ao seu perfil.

  • Conveniência

    Temos uma proposta 100% digital. Pelo computador ou pelo celular, é possível acessar a plataforma, ver sua posição e realizar movimentações.

Principais Categorias de Fundos

  • Investimento no exterior

    Fundos que devem manter percentual relevante do patrimônio aplicado em ativos externos. Alguns fundos mantêm exposição à moeda estrangeira, enquanto que outros realizam o hedge da exposição cambial, e buscam superar o CDI.

  • Ações

    Atuam principalmente no mercado de renda variável e devem manter no mínimo 67% do patrimônio alocado em ações. Alguns fundos tem mandatos mais flexíveis, podendo aumentar ou reduzir a exposição, dependendo das oportunidades observadas.

  • Multimercado Long Short

    Realizam operações de forma a capturar distorções entre os preços de diferentes ações, montando posições de valor relativo. Atuam principalmente no mercado de renda variável, mas sem a necessidade de manter posição direcional.

  • Multimercado Macro

    Realizam suas operações com base no cenário econômico traçado pelo gestor. Possuem flexibilidade para atuar em diversos segmentos, em especial nos mercados de juros, câmbio e renda variável. Buscam obter rentabilidade acima do CDI.

  • Cambial

    Fundos que tem como principal fator de risco de carteira a variação de preços do dólar. Os Fundos Cambiais são veículos interessantes para capturar eventual apreciação da moeda americana.

  • Inflação

    Fundos que investem em ativos atrelados ao IPCA. Apesar de estarem dentro do grupo de Renda Fixa, estes fundos possuem volatilidade. Quanto maior o prazo médio dos ativos investidos, maior o risco do fundo.

  • Crédito Privado

    Fundos que buscam superar o CDI, através da alocação em ativos de crédito privado. O nível de risco de cada fundo dependerá do perfil dos ativos investidos e do grau de concentração da carteira.

  • Referenciado DI

    Os Fundos DI são os mais conservadores do mercado. Estes fundos aplicam em ativos atrelados ao CDI, e devem manter alocação relevante em títulos públicos e/ou títulos privados de baixo risco.

  • Eficiência

    Os fundos são constituídos sob forma de condomínio. Isso significa que os cotistas (investidores do fundo) dividem proporcionalmente os ganhos e custos de toda a estrutura. A diluição de custos torna as operações de compra e venda de ativos mais eficientes. Além disso, com um patrimônio maior, o fundo possui mais poder de barganha frente às contrapartes.

  • Gestão profissional

    Assim como em outras atividades, atuar no mercado financeiro exige conhecimento, especialização e profissionalismo. A maneira mais fácil de “contratar” uma gestão profissional é através da aplicação em fundos de investimento. Os gestores dos fundos são executivos especializados, que estão constantemente atentos às condições de mercado e prontos para tomar decisões de alocação.

  • Diversificação

    Ao aplicar em um fundo, o investidor está comprando indiretamente uma carteira diversificada de ativos. Cada fundo possui uma política de investimentos, mercado(s) de atuação e perfil de risco. As principais classes de fundos presentes na nossa plataforma são: Referenciado DI, Crédito Privado, Inflação, Multimercados, Ações, Cambial e Investimento no Exterior.

Como selecionamos nossos fundos?

  • Comitê de Investimentos

    Aprovação colegiada participação de toda a equipe de investimentos.

  • Filtro Qualitativo

    Realização de Due Diligence análise da equipe gestão de risco (processos) estrutura societária/organizacional qualidade do passivo ausência de conflitos de interesses.

  • Filtro Quantitativo

    Rentabilidade histórica análise de risco cenário de stress / volatilidade peer group beta / correlação.

Nossos Parceiros

Bahia Asset
Modal
BTG Pactual
Votorantim Asset
AZ QUEST
PORTO SEGURO
BRASIL PLURAL
CAPITÂNIA
ADAM CAPITAL
GARDE
CANVAS CAPITAL
FLAG
KONDOR
KAPITALO
VINTAGE
ARX
SOLANA
APEX
STUDIO
IBIUNA
ABSOLUTE
ALASKA
AWX
BNY
CLARITAS
DLM
EMPÍRICA
EXPLORADOR
GAP
HIX
ICATU
MORGAN
BRZ
BOZANO
VICTOIRE
MIRAE
Sul América
OPPORTUNITY
PACÍFICO
QUATA
RIO BRAVO
RWM
SAFRA ASSET
SPARTA
SPX
VALORA
VERDE
VISIA
WESTERN
PIMCO
BANCO DO BRASIL
Br Partners
BRICKELL
CAIXA
GAVEA
VINCI
Bitnami