Abrir minha conta
Abra uma
conta na Guide

A Conta Guide é uma Conta de investimento padrão que te dá acesso ao nosso portifólio de produtos, assessoria independentemente do valor investido e as melhores recomendações.

Abra uma
Conta Guia

Com a Conta Guia você transfere seu dinheiro e a Guide faz render. Você não precisa escolher entre produtos, ela investe imediatamente em fundos geridos pela nossa equipe de especialista de acordo com seu perfil e objetivos. Você pode até mesmo criar uma conta pra cada projeto de vida! Conheça esses e outros benefícios como cashback de comissões.Clique para saber mais.

O que são investimentos em renda fixa?

Os investimentos de renda fixa consistem em títulos e certificados que são emitidos para captar recursos em troca do pagamento de rentabilidade. Sua principal característica é que as regras de remuneração são conhecidas antecipadamente.

Logo, a renda fixa permite saber quanto será recebido no momento do resgate — ou como o retorno será construído até o prazo em questão.

Como a renda fixa funciona?

Entender o que é renda fixa significa compreender que o investimento nessa classe é como emprestar dinheiro ao emissor do título. Em troca, você recebe o retorno de acordo com as condições previamente acordadas.

Dependendo do tipo de emissor, o investimento de renda fixa pode ser do tipo público ou privado — grupo no qual se destaca o chamado crédito privado.

Os investimentos públicos são emitidos pelo Governo, enquanto os privados são emitidos por instituições financeiras e empresas privadas. Já o crédito privado compreende investimentos que têm um risco um pouco mais elevado, embora sejam classificados como renda fixa.

Confira as características principais dos títulos de renda fixa!

Rendimento

Um ponto fundamental das aplicações de renda fixa é o rendimento. Dependendo das regras de remuneração, um investimento pode ser:


• prefixado, quando o rendimento é dado por uma taxa de juros fixa e definida no momento de alocação dos recursos;
• pós-fixado, quando o retorno acompanha as variações de um dos índices de mercado;
• híbrido, quando os ganhos são compostos por uma parte prefixada e por outra parte pós-fixada.

No caso dos investimentos de renda fixa pós-fixados, os indicadores mais usados são a taxa Selic e o Certificado de Depósitos Interbancários (CDI). Nos investimentos híbridos de renda fixa, a inflação — dada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) — costuma compor o retorno.

Prazos

Os prazos dos investimentos de renda fixa podem variar desde o curto até o longo prazo. Investimentos que acompanham a inflação, por exemplo, costumam ser de longo prazo. Enquanto isso, há aplicações que duram de poucos meses e alguns anos.

Liquidez

A liquidez indica a facilidade com a qual as aplicações podem ser convertidas em dinheiro e, nessa classe de investimentos, tudo depende do tipo de título ou certificado.

Há alternativas de renda fixa com liquidez diária, ou seja, que podem ser resgatadas a qualquer momento, mesmo antes do vencimento. Outras não contam com a possibilidade de resgate. Se houver necessidade, devem ser vendidas no mercado secundário.

Tributação

Alguns investimentos de renda fixa apresentam isenção de Imposto de Renda. Então, os ganhos apurados não sofrem desconto por parte da Receita Federal, o que pode aumentar a rentabilidade líquida do produto financeiro.

Outros investimentos têm incidência de IR que segue a tabela regressiva de Imposto de Renda. Isso significa que um período maior de investimento costuma levar a uma alíquota menor, que é limitada a 15%. Veja as cobranças:


• até 180 dias: 22,5%;
• de 181 a 360 dias: 20%;
• de 361 a 720 dias: 17,5%;
• acima de 720 dias: 15%.

Segurança

Uma parte dos investimentos de renda fixa possui proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Ele oferece uma cobertura de R$ 250 mil por CPF e instituição financeira e tem um limite de R$ 1 milhão renovável a cada 4 anos.

Então, os produtos financeiros que apresentam essa cobertura oferecem maior segurança para o investidor. Caso o emissor do título ou certificado não consiga pagar de acordo com as condições previstas, a instituição devolve o valor investido mais rendimento, dentro do limite disponível.

Quais são os principais tipos de investimentos de renda fixa?

Quem deseja investir nessa classe tem acesso a uma grande variedade de produtos disponíveis. Veja quais alternativas você encontra ao escolher a Guide Investimentos como a sua corretora para aplicar na renda fixa!

Títulos públicos

Os títulos públicos são emitidos pelo Tesouro Nacional para financiar suas atividades — por isso, são considerados os mais seguros. Eles são restritos a pessoas físicas e estão disponíveis na plataforma conhecida como Tesouro Direto. Uma grande vantagem deste produto é a liquidez diária.

Certificado de depósito bancário – CDB

Ao aplicar em um CDB, você faz um empréstimo a um banco que utiliza este dinheiro para financiar operações. Assim, seu rendimento consiste em juros que variam de acordo com o tempo e com a quantia aplicada.

Letra de crédito do agronegócio – LCA

A LCA é um título bancário garantido por empréstimos concedidos ao setor agrícola. Quem investe nela empresta dinheiro à instituição, que o utilizará para financiamento do setor. Depois, há o pagamento da taxa de juros — que é isenta de IR.

Letra de crédito imobiliário – LCI

A LCI é um título bancário garantido por empréstimos concedidos ao setor imobiliário. Assim, ela funciona como a LCA, com a diferença de segmento. Os prazos e a liquidez são parecidos, e o titulo também é isento de IR.

Letra de câmbio – LC

As letras de câmbio são emitidas pelas financeiras, que as usam para captar recursos. Costuma ser uma alternativa para a obtenção de recursos em longo prazo por essas instituições financeiras.

Certificado de recebível do agronegócio – CRA

O CRA é emitido por instituições financeiras conhecidas como securitizadoras. Eles são títulos de dívidas ligadas ao setor agropecuário, como produtores rurais e cooperativas. É um título de crédito privado e é isento de IR para pessoas físicas.

Certificado de recebível imobiliário – CRI

O CRI também é emitido pelas securitizadoras, que adquirem direitos creditórios de outras empresas. Eles são títulos de dívidas ligadas ao setor imobiliário. Assim como o CRA, trata-se de um título de crédito privado com isenção de IR.

Debêntures

As debêntures são títulos de dívidas emitidos por companhias públicas e privadas. Elas também fazem parte do crédito privado e podem ter prazos maiores. Um dos tipos de títulos, as debêntures incentivadas, é isento de Imposto de Renda.

Quais as vantagens de investir em renda fixa?

O investimento em renda fixa pode apresentar alguns benefícios e o principal deles é a segurança. Em relação à renda variável, os investimentos desse tipo oferecem maior proteção ao investidor e seu capital. Com a cobertura do FGC em algumas alternativas, a segurança é reforçada.

Também é uma escolha que oferece previsibilidade. É possível calcular ou estimar qual será o retorno no momento do vencimento, pois as condições de remuneração são conhecidas previamente.

Além disso, o investimento em renda fixa é considerado simples, já que não exige um conhecimento aprofundado do mercado. Você pode alocar seus recursos de maneira online, por meio da plataforma da Guide, sem maiores dificuldades.

Também é uma alternativa que pode servir para todos os perfis de investidores. Os conservadores costumam preferir a renda fixa pela segurança envolvida, o que envolve uma tolerância ao risco menor.

Já investidores moderados e arrojados podem escolher tais investimentos para diversificar o portfólio de investimentos, diluindo os riscos. Para determinados objetivos, como os de curto prazo, a renda fixa pode ser a melhor escolha.

Quais as desvantagens da renda fixa?

Assim como acontece com todas as escolhas, a renda fixa também pode apresentar algumas desvantagens.

Considerando a relação de risco e retorno, os investimentos costumam ter uma rentabilidade menor. Então, se a sua intenção for multiplicar seu patrimônio, talvez as aplicações não atendam às expectativas.

Além disso, o resgate antecipado de alguns títulos faz com que eles sejam vendidos a preço de mercado. Isso pode levar a perdas, em relação ao que seria possível ganhar, além de potencialmente levar a um pagamento maior de Imposto de Renda.

Por que investir em renda fixa com a Guide?

Com a Guide Investimentos você tem a chance de aproveitar os principais investimentos da renda fixa e contar com vantagens exclusivas. Confira!

Comitê dedicado

Nosso comitê de renda fixa faz uma análise completa de liquidez, taxas, viabilidade e outras características de todos os títulos que serão distribuídos por meio da nossa plataforma.

Oferta ampla

Oferecemos os melhores produtos de acordo com cada cenário econômico, aproveitando a diversificação dos índices de mercado e combinando com a isenção de IRPF.

Seleção qualificada

A equipe 100% focada em renda fixa faz a seleção de produtos para que você fique tranquilo e maximize ganhos sem custos adicionais — como taxa de custódia ou de negociação.

Diversificação

A plataforma oferece diversos títulos, com grande variedade de prazos de investimentos. Logo, é mais fácil encontrar opções alinhadas com os objetivos de cada investidor.

Rentabilidade

Para as pessoas físicas, há diversos produtos isentos de impostos, o que traz eficiência tributária e consequentemente maior potencial de rentabilidade. Além disso, você pode atrelar a sua carteira a diferentes indexadores, como Selic, CDI, IPCA, IGP-M, entre outros.

Segurança

Nossos títulos privados possuem o selo CETIP Certifica, o que traz ainda mais segurança e transparência nas operações. Ele garante o registro dos ativos na Cetip e a identificação deles no CPF ou CNPJ do investidor.

Além disso, muitos produtos contam com adicionais de proteção de crédito, como garantia do FGC, alienação fiduciária de imóveis ou recebíveis, seguros de parte ou total do investimento, entre outras proteções.

Como você viu, a renda fixa apresenta diversas alternativas para que você possa fazer seu dinheiro render. Com a Guide, você tem a chance de acessar títulos variados e adequados para múltiplas necessidades.

Abra sua conta na Guide Investimentos e confira todas as opções!

Simule seus investimentos em renda fixa

Investimento inicial

Indexador

Taxas

Prazo

Comparar com
Filtrar resultados por

Ganho de +{{this.CalcPoupanca()}}

Poupança

Ganho de +{{this.Calc()}}

{{(this.cdb - this.CachePoupanca).toLocaleString('pt-BR', { minimumFractionDigits: 2 , style: 'currency', currency: 'BRL' })}} a mais que a poupança

CDB/LC

Ganho de +{{this.CalcLci()}}

{{(this.lci - this.CachePoupanca).toLocaleString('pt-BR', { minimumFractionDigits: 2 , style: 'currency', currency: 'BRL' })}} a mais que a poupança

LCI/LCA

Resultados da Simulação são em valor líquido, incluindo desconto de I.R..

Taxa DI: {{diToShowFront}}%. Fonte: B3

Por que investir em Renda Fixa com a Guide?

  • investimentos-selecionados

    Nosso comitê de renda fixa faz uma análise completa de liquidez, taxas, viabilidade e outras características de todos os títulos que serão distribuídos.

  • diversificacao-e-eficiencia-tributaria

    Oferecemos os melhores produtos de acordo com cada cenário econômico, aproveitando a diversificação dos índices de mercado e combinando com a isenção de IRPF.

  • investir-bem-custa-pouco

    A equipe especializada e 100% focada em Renda fixa faz a seleção de produtos para que você fique tranquilo e maximize ganhos, sem custos adicionais como taxa de custódia ou de negociação.

Conheça os tipos de investimentos de Renda Fixa

  • Certificado de Depósito Bancário – CDB

    Ao aplicar em um CDB, você faz um empréstimo a um banco que utiliza este dinheiro para financiar operações. Assim, seu rendimento consiste em juros que variam de acordo com o tempo e com a quantia que você aplicar.

    Ver CDB

  • Certificado de Recebível do Agronegócio – CRA

    Quem investe em CRA, certificado de recebíveis do agronegócio, está comprando um produto que financia e é remunerado por financiamentos e empréstimos no setor agrícola. Imagine que esse produto está apoiando produtores rurais, cooperativas e…

    Ver CRA

  • Certificado de Recebível Imobiliário – CRI

    Quem investe em CRI, certificado de recebível imobiliário, está comprando um produto que financia e é remunerado por financiamentos e empréstimos no setor imobiliário. O CRI necessariamente conta com a figura da securitizadora, que é…

    Ver CRI

  • Debêntures

    Muitas pessoas gostariam de estar atreladas às empresas que admiram, mas ao mesmo tempo têm receio de entrar no mercado de ações pelas oscilações que o caracterizam. A boa notícia é que existe uma alternativa:…

    Ver Debêntures

  • Letra de Câmbio – LC

    As Letras de Câmbio são instrumentos de captação das Financeiras. Pelo dinheiro aplicado, a emissora te paga juros que variam de acordo com o tempo e com a quantia aplicada.

    Ver LC

  • Letra de Crédito do Agronegócio – LCA

    A LCA, letra de crédito do agronegócio, é um título bancário garantido por empréstimos concedidos ao setor agrícola. Quem investe em LCA está comprando um produto que financia e é remunerado por financiamentos e empréstimos…

    Ver LCA

  • Letra de Crédito Imobiliário – LCI

    A LCI, letra de crédito imobiliário, é um titulo bancário garantido por empréstimos concedidos ao setor imobiliário. Quem investe em LCI está comprando um produto que financia e é remunerado por financiamentos e empréstimos dentro…

    Ver LCI

  • Tesouro Direto

    Tesouro Direto é um programa do Tesouro Nacional para a compra e venda de títulos públicos federais, restrito apenas para pessoas físicas. O governo emite esses títulos para financiar suas atividades e paga uma remuneração…

    Ver Tesouro Direto

  • Títulos Públicos

    Os títulos públicos são ativos de renda fixa emitidos pelo Tesouro Nacional para financiar suas atividades e paga uma remuneração aos investidores que os adquirem. Uma grande vantagem deste produto é a liquidez, pois, caso…

    Ver Títulos Públicos

Quais as vantagens de investir em
renda fixa com a Guide

  • Diversificação

    A nossa experiente equipe faz a seleção de produtos considerando o risco, estrutura e setor de cada um. Tudo isso de forma simples e voltada à diversificação do seu portfólio. Aqui, nenhum produto chega à plataforma sem a criteriosa análise do nosso time. Há também uma grande variedade de prazos de investimentos, alinhados de acordo com os objetivos de cada investidor.

  • Rentabilidade

    Para as Pessoas Físicas, há inúmeros produtos isentos de impostos, o que traz eficiência tributária e consequentemente maior rentabilidade. Os produtos podem ter suas rentabilidades atreladas à inflação, taxa de juros prefixados e pós-fixados. Além disso, você pode atrelar a sua carteira a diferentes indexadores, como SELIC, CDI, IPCA, IGP-M, entre outros.

  • Segurança

    Nossos títulos privados possuem o selo CETIP Certifica, que garante ainda mais segurança e transparência nas operações. Ele garante o registro dos ativos na Cetip e a identificação deles no CPF ou CNPJ do investidor. Além disso, vários produtos contam com adicionais de proteção de crédito, como Garantia do FGC, Alienação Fiduciária de imóveis ou recebíveis, seguros de parte ou total do investimento, entre outras proteções.

Saiba mais sobre investimentos em
Renda Fixa acessando nossos canais

Saiba mais sobre investimentos em<br> Renda Fixa acessando nossos canais

Comece a investir em Renda Fixa agora!

Abra sua conta